Por que eu deveria usar um planner?

07.01.2020

Se você tem uma lista de desejos de um lado, um checklist de outro, e sempre esquece de algumas coisas, esse post é para você

Texto por Laura Bombazar

Imagem animada (GIF) de uma mulher assumindo que precisa de um planner.
Eu mesmx. (Reprodução/Giphy)

Já percebeu que toda vez que você coloca um lembrete em algum meio digital, como o seu celular ou tablet, você dificilmente volta lá para dar um check ou alterar algo? E sabia que grande parte da causa de os itens ficarem com urgência nos nossos afazeres, é porque houve uma falha de comunicação e/ou de planejamento? O planner veio para te ajudar.

O que é um planner?

Em tradução literal “planner” significa “planejador”, e portanto, planner é uma ferramenta para controle e registro de informações tanto da sua vida profissional, quanto pessoal, e, que ajuda na gestão do seu tempo. Lá deve constar tudo o que for relevante para você, ou seja, compromissos, tarefas, ideias, sonhos e outros.

Montagem de a parte externa e interna de um planner.
O planner com espiral é um dos mais conhecidos. (Reprodução/Pinterest)

Planner X Agenda

Originalmente ele é bem parecido com o formato de uma agenda, mas a grande diferença está na parte interna: a agenda é datada e sem espaço para anotar itens sem data, a não ser por aqueles pequenos espaços para lembretes. Já o planner pode ser 100% personalizado e te permite adicionar metas, a intenção de novos hábitos, inspirações, acontecimentos marcantes do dia e enfim. Ele te deixa livre para inserir o que quiser. Porque é a mistura do sentimentalismo das anotações do diário, com os compromissos de uma agenda e ainda, das inúmeras folhas perdidas de checklists.

Montagem que mostra o que é possível fazer com um planner e o que uma agenda oferece.
Você pode comprar o seu planner com um layout pronto e só preencher, ou também pode escolher um modelo que tenha brechas no layout para você personalizar como quiser e precisar. (Reprodução/Pinterest)

Tipos de planner

Essa parte é meio complexa, até porque são vários detalhes para definir o modelo ideal para atender as suas necessidades. Por isso preferimos separar os itens, combinado?

Meios

Antes de tudo, a primeira diferença entre os planners começa nos meios, ou seja, você se dá melhor com planners no meio digital ou no meio impresso?

Considere que o meio digital pode ser muito traiçoeiro, te fazendo perder o foco facilmente. Aliás, com a atenção exigida na hora de escrever algo à mão, um planner impresso pode ajudar na fixação e organização de informações no cérebro, além de estimular a memória.

Anúncio da landing page com os planners da Sapato Show.

Intervalos de tempo

Em seguida vem a escolha pelos modelos de tempo. Por exemplo, você pode escolher o planner diário, semanal, mensal, anual (ano a ano) e ainda o modelo para vários anos (já vimos opções para três e cinco anos 😱).

Se você possui muitos compromissos durante o dia, com toda a certeza o mais indicado é o diário. Mas se a recorrência não for tanta, aposte no planner semanal, aliás, ele é um dos mais utilizados pela galera que adora um artigo de papelaria por aí. Já o mensal é para quem consegue se organizar por todo um mês e tem necessidade disto.

Por fim, o anual e o para vários anos exigem muuuito planejamento, e são necessários se você vai fazer algo grande, como uma viagem cara ou comprar um carro e precisa preparar as finanças. Bem como se necessita fazer um cronograma de estudos para uma prova muito importante, e assim segue.

O tamanho de um planner

Se você precisa de um planner para anotações mais pontuais, pode escolher o pocket que é pequenininho. Entretanto, se os registros são um pouco mais detalhados escolha o tamanho médio, que permite anotar algumas coisas que não caberiam no pocket. O modelo médio também é mais indicado para quem precisa levar o planner para o trabalho, para casa, para reuniões e para os outros cantos que a vida te levar. Embora o grande tenha bastante espaço, ele é mais indicado para ficar em algum lugar específico, como na escrivaninha de casa ou na sua mesa de trabalho.

Foto que mostra os três tipos de tamanhos de um planner.
Os três tamanhos de planners. (Reprodução/Pinterest)

O formato de um planner

Como falamos no tópico anterior, o local em que o planner vai ficar influencia muito no tamanho, assim como também influencia no formato. Por exemplo, os modelos diários não são muito indicados para se ficar levando para lá e para cá, porque exigem muuuuitas folhas, logo, são mais grossos e pesados. Então se você vai precisar levá-lo para cima e para baixo, o ideal é que seja de espiral e capa dura para te permitir escrever em qualquer lugar.

No entanto, se ele vai ficar somente em casa ou no escritório a capa não importa muito, assim como o que vai prender as folhas. Neste caso, você pode optar pelo modelo de folhas avulsas (que inclusive, tem a possibilidade de reutilização do verso), como são os modelos de planners gratuitos feitos por nós. Clique aqui, faça o download e imprima agora mesmo o seu planner da SS. 😉

Montagem que mostra os tipos de planners.
Os tipos de planners disponíveis. (Reprodução/Pinterest e Sapato Show)

Como usar um planner?

Para começar a usar um planner coloque na ponta do lápis tudo o que você quer e pretende fazer nas próximas semanas. Como as tarefas comuns do dia a dia, coisas mais importantes a longo prazo, e alguns hábitos, como ler “tal livro”, assistir tal série, comer menos pizza e outros. Logo após, separe o que você listou em algumas categorias, como casa, wishlist, academia, estudos, trabalho, lazer, sem categoria e outros.

Mas lembre-se que o seu planner deve ser personalizado como você quiser, desde que seja funcional para a sua rotina, okay?

Depois de ter separado em categorias, é hora de definir uma meta muito importante para cumprir por semana. Por exemplo: o roteiro de uma viagem, um planejamento financeiro semanal e/ou quinzenal. Próximo à essa meta deve estar o que você precisa fazer para que ela seja alcançada. Vá adicionando também checklists e tarefas a serem feitas no decorrer da semana, como, fazer as malas ou comprar isso ou aquilo.

Montagem que mostra como dá para preencher um planner.
Como preencher o seu planner. (Reprodução/Pinterest)

Mudando de hábitos já

Para finalizar, esperamos que você tenha gostado das nossas dicas e, que você já tenha escolhido e feito o download grátis do seu planner de 2020 em PDF da Sapato Show.

Só queremos deixar claro que, um planner não vai resolver sozinho os seus problemas de prazos e /ou desorganizações. Um planner é sinônimo de disciplina, combinado? Portanto, se você precisar de uma ajudinha com o seu modelo nos chame por aqui, que ficaremos muito felizes em ajudar! 🙂

Ah, só para ressaltar que nós A-M-A-M-O-S ver você arrasando por aí, então aproveite para postar uma foto com um produto nosso usando a #estrelandovocê e, de nos marcar para vermos também! 😉

Aliás, você já conferiu o nosso checklist de verão? Então vem cá e clica aqui para saber tudo o que você PRECISA ter na mochila durante a estação mais quente do ano!

Por fim, não esquece de contar nos comentários como os nossos modelos de planners estampados ajudaram no seu planejamento, combinado? ❤️

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *